Doações

A doação de sangue é considerada um ato de humanismo, de amor e respeito ao próximo, um gesto feito por pessoas interessadas em ajudar enfermos em tratamento para restauração de sua saúde.

O Hemocentro trabalha com plantonistas diários, médicos, enfermeiros e toda uma equipe de profissionais de saúde ligados à hematologia e hemoterapia.  


Segundo o Ministério da Saúde há alguns cuidados e procedimentos que devem ser seguidos para que a doação possa ocorrer normalmente e o doador não sofrer nenhum tipo de implicação posterior.

Verifique os critérios básicos para doar sangue:

- Sentir-se bem, com saúde;
- Apresentar documento com foto, válido em todo território nacional;
- Ter entre 16 (mediante autorização dos pais ou responsáveis) e 68 anos de idade;
- Ter peso acima de 50 Kg.
 

No dia da doação siga algumas recomendações.

- Nunca vá doar sangue em jejum;
- Faça um repouso mínimo de 6 horas na noite anterior à doação;
- Não tome bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores;
- Evite fumar por pelo menos 2 horas antes da doação;
- Evite alimentos gordurosos nas 3 horas antes da doação;
- As pessoas que exercem profissões como: pilotar avião ou helicóptero, conduzir ônibus ou caminhões de grande porte, sobem em andaimes e praticam pára-quedismo ou mergulho, devem interromper estas atividades por 12 horas antes da doação.

Dúvidas comuns. Quem não pode doar?

- Quem teve diagnóstico de hepatite após os 10 anos de idade;
- Mulheres grávidas ou que estejam amamentando;
- Pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como AIDS, hepatite, sífilis e doença de chagas;
- Usuários de drogas;
- Aqueles que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos.

Cuidados Pós-Doação.

- Evitar esforços físicos exagerados por pelo menos 12 horas;
- Aumentar a ingestão de líquidos;
- Não fumar por cerca de 2 horas;
- Evitar bebidas alcóolicas por 12 horas;
- Manter o curativo no local da punção por pelo menos de quatro horas;
- Não dirigir veículos de grande porte, trabalhar em andaimes, praticar paraquedismo ou mergulho.

O que acontece depois da doação?

O doador recebe um lanche, instruções referentes ao seu bem-estar e poderá posteriormente conhecer os resultados dos exames que serão feitos em seu sangue.

Estes testes detectarão doenças como AIDS, Sífilis, Doença de Chagas, HTLV I/II, Hepatites B e C, além de outro exame para saber o tipo sanguíneo. Se for necessário confirmar algum destes testes, o doador será convocado para coletar uma nova amostra e se necessário, encaminhado a um serviço de saúde.